quinta-feira, 4 de setembro de 2008

PLANO DE AULA FILME "HAPPY FEET'

E.E.B. Dr. Otto Feuerschuette

Capivari de Baixo – Santa Catarina

Alunas: Cali Simone Silva da Silva e Renata Cardoso Vigarani

4º Magistério 01

PLANO DE AULA INTERDISCIPLINAR


LÍNGUA PORTUGUESA

CONTEÚDO: Filme “Happy Feet”.

OBJETIVOS:

  • compreender e interpretar aspectos relevantes do filme assistido;
  • explorar a escrita usando a criatividade para produzir novos textos.

METODOLOGIA

Levaremos os alunos para assistirem ao filme “Happy Feet”, em seguida, faremos uma aula expositiva (seminário) levantando os pontos que mais interessaram aos alunos.

ATIVIDADES

1) Qual o nome do personagem principal do filme?

2) Ele era um pingüim igual aos outros?Explique.

3) Por que razão os pingüins não aceitavam Mano?

4) Do que os velhos pingüins acusavam Mano?

5)Você acha errado ser diferente? Justifique.

6) Reescreva um novo final para o filme.

7) Que mensagem traz o filme?

RECURSOS:

  • filme,
  • DVD,
  • TV;
  • caderno do aluno.

AVALIAÇÃO

Os alunos serão avaliados por seu interesse e participação.

ENSINO RELIGIOSO

CONTEÚDO: Valores.

OBJETIVO:

  • estabelecer os diferentes valores presentes na comunidade.

METODOLOGIA

Após ter assistido ao filme “Happy Feet” fazer um paralelo entre os valores mostrados no filme e os presentes na comunidade. Promover um debate para enfocar os pontos de vista dos alunos.

ATIVIDADES

1) Escreva em seu caderno as diferenças que você observa em sua comunidade.

2) Em dupla, escolha uma pessoa de sua comunidade e faça uma entrevista sobre as boas e as más diferenças desta comunidade.

RECURSOS:

  • folhas para entrevista;
  • lápis;
  • caderno;
  • borracha.

AVALIAÇÃO

Através da participação, da produção e apresentação da entrevista pelas duplas em forma de seminário.

CIÊNCIAS

CONTEÚDO: A vida dos pingüins e o aquecimento global.

OBJETIVOS:

  • discutir sobre a influência do homem no aquecimento global;
  • estudar sobre ávida dos pingüins, destacando algumas curiosidades.

METODOLOGIA

Promover a leitura do texto “Pingüim Imperador” interligando-o ao filme em estudo.

ATIVIDADES

1)Em grupo faça um cartaz mostrando a influência do homem no aquecimento global. Com frases e reportagens.

2) Recorte e cole em seu caderno figuras sobre o aquecimento global.

3) Os pingüins, no filme, sabiam que os homens estavam alterando a natureza e contribuindo para o aquecimento global?

4)De que maneira os humanos estavam prejudicando a sobrevivência dos pingüins?

5)Como se dá a reprodução dos pingüins?

6)No filme, você pode observar alguns hábitos dos pingüins, diga como os pais alimentavam seus filhotes?

7)Como os pais e os ilhotes se reconhecem entre vários pingüins?

8)Quantos ovos coloca uma pingüim fêmea a cada estação?

9)Por quem é chocado o ovo de cada família no filme?

10)Pelo o que você observou no filme os pingüins sobreviveriam em outro ambiente? Explique.

RECURSOS:

  • texto – Pingüim Imperador (fotocópias);
  • cartolina;
  • cola;
  • tesoura;
  • revistas;
  • jornais.
  • caderno;
  • lápis.

AVALIAÇÃO

Fazer uma exposição em sala de aula com os cartazes criados, onde cada grupo explicará suas idéias.

Apresentação das entrevistas pelas duplas em forma de seminário.

MATEMÁTICA

CONTEÚDOS: Pesos e medidas e as quatro operações.

OBJETIVOS:

  • estimular o raciocínio para resolver situações problemas;
  • usar adequadamente sistema de pesos e medidas, fazendo as conversões quando necessário.

METODOLOGIA

Usar situações de estudo para abordar problemas e fixar conteúdos de matemática.

ATIVIDADES

Resolva:

1) Se um pingüim come 10 peixes por dia quantos comerá em uma semana (sete dias)?

2) Em um ano temos 365 dias. Calcule quanto já viveu um pingüim de 5 anos?

3) Qual o peso em Kg (quilograma) de um pingüim com 19 000g?

4) Seis pingüins nadaram 480 km (quilômetros), quanto nadam três pingüins?

5) Em uma família de pingüins o pai come 18 peixes, a mãe come a metade mais 1 e o filho a terça parte do que o pai come.Quanto toda a família come?

RECURSOS:

  • caderno do aluno;
  • lápis.

AVALIAÇÃO

Através da resolução dos problemas.

ESTUDOS SOCIAIS

CONTEÚDO: Habitat dos pingüins.

OBJETIVOS:

  • conhecer o habitat dos pingüins;
  • localizar no mapa algumas regiões onde há pingüins.

METODOLOGIA

Faremos a leitura do texto “Pingüim Imperador”, destacaremos pontos para discussão e reconhecimento do habitat natural do pingüim e sua respectiva localização no mapa.

ATIVIDADES

1) Com base no texto que você recebeu e no filme “Happy Feet”; responda (V) para as alternativas verdadeiras e (F) para as alternativas falsas:

[ ] É correto dizer que os pingüins habitam os dois pólos.

[ ]Os pingüins Imperador são encontrados na Antártica.

[ ] A dieta dos pingüins é basicamente de algas.

[ ]O pingüim procura sua presa em mar aberto.

[ ] As populações de pingüins encontram-se no hemisfério Sul.

RECURSOS:

  • texto “Pingüim Imperador”;
  • caderno do aluno;
  • mapa mundi.

AVALIAÇÃO:

O aluno será avaliado por observação direta e produção das atividades.

TEXTO COMPLEMENTAR DE CIÊNCIAS

PINGÜIM IMPERADOR

Vocalização

Porque a espécie não possui locais fixos de incubação que os indivíduos possam utilizar para localizar o parceiro ou as crias, o pingüim-imperador tem que utilizar os chamamentos vocais para a identificação. Utiliza um sistema complexo de vocalizações que são vitais no reconhecimento individual entre os progenitores e entre estes e as crias, apresentando a maior variação em vocalizações individuais de todos os pingüins. Quando vocaliza, o pingüim-imperador utiliza dois intervalos de freqüência simultaneamente. As crias utilizam uma vocalização modulada em freqüência para pedir comida e para contactar os progenitores.

TEXTO COMPLEMENTAR DE ESTUDOS SOCIAIS

PINGÜIM IMPERADOR

Distribuição e habitat

O pinguim-imperador tem uma distribuição circumpolar, na região antárctica, quase exclusivamente entre os 66º e os 77º de latitude Sul. Quase sempre se reproduz em plataformas estáveis de gelo perto da costa e até 18 km para o interior. As colónias reprodutores estão normalmente localizadas em áreas onde ravinas de gelo ou icebergues as protegem da acção do vento. A população total está estimada entre 400 mil e 450 mil indivíduos, distribuidos por cerca de 40 colónias independentes. Cerca de 80 mil pares reproduzem-se no sector do Mar de Ross. As maiores colónias de reprodução estão localizadas no Cabo Washington (de 20 mil a 25 mil pares), na Ilha Coulman e na Terra de Vitória (cerca de 22 mil pares), Baía Halley, Terra de Coats (de 14.300 a 31.400 pares), e Baía Atka na Terra da Rainha Maud (16 mil pares). Duas colónias em terra foram relatas: uma na Ilha Dion, na Península Antártica, e outra numa península no Glaciar Taylor, no Território Antárctico Australiano.[ Indivíduos dispersos têm sido relatados na Ilha Heard, nas Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul e na Nova Zelândia.

Dieta

A dieta do pinguim-imperador é composta principalmente por peixes, crustáceos e cefalópodes, apesar de a sua composição variar de população para população. O peixe é normalmente a fonte de alimento mais importante, sendo que a espécie Pleuragramma antarcticum perfaz a maior parte da dieta da ave. Outras presa que foram registadas incluem outros peixes da família Nototheniidae, duas espécies de cefalópodes, Psychroteuthis glacialis e Kondakovia longimana, assim como o krill antártico (Euphausia superba). O pinguim-imperador procura as suas presas em mar aberto, no Oceano Antártico, em regiões livres de gelo ou em regiões com plataformas de gelo onde existam aberturas para a água. Uma das suas estratégias de alimentação consiste no mergulho a profundidades de 50 m, onde pode facilmente localizar peixes que povoam as regiões logo abaixo da camada de gelo, como a espécie Pagothenia borchgrevinki que nada logo junto à camada de gelo, apanhando-os de seguida. Depois, mergulha novamente, repetindo a sequência cerca de meia dúzia de vezes antes de vir à superfície para respirar.

Os graves efeitos do aquecimento global

É um fenômeno climático que estabelece o aumento da temperatura média da superfície terrestre. Só nesse início de século a temperatura do planeta subiu quase 2º C, mais alta do que na década de 60. As medidas a serem tomadas para conter o avanço do aquecimento global têm sido discutidas constatemente. Alguns cientistas apontam como causa do aumento do aquecimento global o elevado nível de concentração de poluentes antropogênicos na atmosfera.

O aquecimento global vem sendo evidenciado através das ltas temperaturas e a mudança brusca de temperatura em todo o mundo. Alguns estudos revelam que o aquecimento global é um elemento que agrava a força dos furacões, do derretimento das calotas polares, grandes enchentes, entre outros.

Manifestações são feitas reivindicando resultados positivos para o planeta. Uma dessas manifestações chamou a atenção de todo oo mundo, foi realizada no dia 01 de fevereiro de 2007, em Paris, na França. Milhares de pessoas se reuniram diante da Torre Eiffel, esperando a divulgação oficial do estudo da ONU sobre o aquecimento global.

A torre e diversos outros monumentos foram apagados por 5 minutos, na busca de conscientizar as pessoas de que é necessário mudar a realidade do planeta, mostrando ccomo deve ser feito e de que o exemplo deve vir de dentro de casa. A expectativa é de que os países desenvolvidos que liberam altos índices de agentes poluentes na atmosfera adiram aos acordos mundiais de preservação ambiental e diminuição de emissão de gases poluentes.

REFERÊNCIAS:

Filme “Happy Feet”

Site: www. Wikipedia.com.br

http://brasilescola.com/geografia/aquecimento-global.htm

Um comentário:

*Cali* disse...

Constância gostei de ver meu plano e da Renata no blogg,porém houve um engano faltou o resto do meu sobrenome(Pinho),sabe na chamada ainda não coube todo.